sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Não "se avexe"!

Não “se avexe”; a vida é cíclica, é dinâmica, é incerta. A qualquer hora tudo pode mudar.

 Feliz daquele(a) que um dia sofreu, cicatrizou seu coração e hoje entende o real valor de uma lágrima. Feliz daquele(a) que compreende que a felicidade pode está na sua vontade de vencer, de se superar, e assim, levar sempre consigo um sorriso estampado no rosto.

“Se avexe não”, pois quem está habituado(a) há maltratar, um dia há de chorar... Pois é, a vida muda e quem está acostumado(a) a ferir, um dia entenderá o valor de uma lágrima, de uma saudade, de um bem querer e também irá chorar, chorar e chorar.

Entretanto, trago uma boa noticia a quem hoje chora: isso passa e as lágrimas secam.
Desse modo, espero sinceramente que isso não apenas o(a), mas também possa ensiná-lo(a) a encontrar o rumo de seu coração.

Kico Seridó.